Abertura da Temporada de Verão leva cultura a 1.390 pessoas na Fortaleza de São José da Ponta Grossa

13/11/2017 14:56

A cultura tomou conta da Fortaleza de São José da Ponta Grossa, na Praia do Forte, em Florianópolis, durante a Abertura da Temporada de Verão nas Fortalezas da UFSC, evento promovido no domingo (05/11/2017). O público de 1.390 pessoas assistiu a apresentações musicais, demonstrações de combate medieval, danças seculares, tradicional Boi de Mamão, entre outras atrações.

Além da Abertura da Temporada de Verão nas Fortalezas da UFSC, a data celebrou o Dia Nacional da Cultura e o último Dia de Gratuidade de 2017. Ao todo, 1.954 pessoas visitaram as fortalezas sob gestão da UFSC no domingo de acesso livre. O evento foi realizado pela Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC), vinculada à Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte) da UFSC, com o apoio do Governo do Estado de Santa Catarina; Secretaria de Estado e Turismo, Cultura e Esporte; Fundação Catarinense de Cultura; e da Prefeitura Municipal de Florianópolis; Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Juventude, e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes.

O dia começou com clima ameno e nem o vento forte do início da manhã atrapalhou as atrações. A Orquestra de Choro do Campeche iniciou as apresentações tomando o palco com 16 músicos. Entre as melodias de choros, maxixes e valsas, a orquestra tocou para o público que ainda chegava e encerrou a apresentação executando o Rancho de Amor à Ilha, o hino de Florianópolis.

Na sequência, a Banda do 14ª Brigada de Infantaria Motorizada do Exército Brasileiro, vestida com trajes de época, surpreendeu com um repertório pop, embalando o público, que muitas vezes cantou as melodias junto com os músicos. Após a execução do hino nacional e o discurso de autoridades, a banda retomou a sequência de canções conhecidas e arrancou um pedido de bis do público presente. Para finalizar, tocou Happy, de Pharrell Willians, em uma versão instrumental aplaudida por todos os presentes.

Após um intervalo, já à tarde, Chiqueti & Banda levaram pop, rock e indie para a fortaleza. A banda mostrou composições de artistas que influenciam o trio, como O Terno, mas também levou novidade ao público com suas próprias composições. Foi um momento de descontração após o almoço, onde as pessoas buscaram a sombra e descansaram ao som de baixo, bateria e guitarra.

Logo após, a Sociedade Histórica Destherrense apresentou uma dança típica do Século XVIII, um minueto, e convidou algumas pessoas do público para acompanhar os integrantes na apresentação. Durante todo o dia, membros da Sociedade Histórica Destherrense caminharam pela fortaleza com trajes de época, conversaram com os visitantes e até ofereceram guloseimas preparadas com receitas de séculos passados. O grupo se preocupa em resgatar tais dados sobre a história a fim de recuperar cheiros, sabores e cores de como era viver antigamente. E para quem quisesse ter mais informação sobre a história, a Editora da UFSC manteve um estande para venda de livros no Quartel da Tropa da fortaleza durante todo o dia.

O pessoal do SCAM – Arquearia e Combate Medieval encantaram as crianças. Eles apresentaram um combate com armaduras e espadas reais utilizadas em competições da categoria. O SCAM é campeão pan-americano na modalidade. Durante todo o dia, o grupo expôs as armaduras e permitiu que adultos e crianças tivessem orientações para atirar com arco e flecha, tentando acertar um alvo de papel. Os mais habilidosos, que atingiram o centro, foram presenteados com um bombom.


Por fim, para encerrar as apresentações culturais, o Boi de Mamão de Santo Antônio levou tradição e alegria ao público com uma das brincadeiras mais importantes do folclore local. As pessoas se reuniram em volta dos personagens e brincaram junto com os integrantes do Boi de Mamão de Santo Antônio, encerrando um dia inteiro de atrações e abrindo a temporada de verão nas Fortalezas da UFSC.

Confira aqui o vídeo da Abertura da Temporada de Verão nas Fortalezas da UFSC.