UFSC investe mais de um milhão e duzentos mil reais na conservação das fortalezas

14/12/2017 10:27

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), nos últimos cinco anos, investiu mais de R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais) de recursos próprios na conservação das três fortalezas sob a sua gestão. Esse trabalho necessita ter sequência em 2018 com a recuperação dos demais telhados de Anhatomirim e das coberturas dos edifícios das fortalezas de Ponta Grossa e Ratones, assim como com a restauração de pisos, revestimentos, instalações e pintura das três fortalezas.

Entre 2013 e 2016, por meio do Departamento de Manutenção Predial e Infraestrutura (DMPI/SEOMA/UFSC), foram investidos cerca de R$ 360.000,00 em obras de conservação das coberturas de cinco edifícios da Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim: Casa do Comandante, Paiol da Pólvora, Quartel da Tropa, Usina de Eletricidade e Estação Radiotelegráfica.

Na imagem abaixo, veja a situação da cobertura do Quartel da Tropa, antes e depois da recuperação:

             

Na recuperação completa de todas as esquadrias (portas e janelas), obra ocorrida em 2016-2017 por meio do Departamento de Fiscalização e Obras (DFO/SEOMA/UFSC), foram investidos outros R$ 860.000,00, o que totaliza mais de um milhão e duzentos mil reais em investimentos diretos da UFSC na conservação desses monumentos.

No entanto, há muito ainda a fazer pela preservação dessas construções centenárias que exigem conservação permanente. Por isso a UFSC no momento busca novas parcerias externas à Universidade para continuar preservando adequadamente essas fortalezas, monumentos que são também atrações turístico-culturais dos municípios onde se localizam, são as construções mais antigas do Estado de Santa Catarina, Patrimônio Nacional de todos os brasileiros e agora candidatas também a Patrimônio Cultural da Humanidade.

              

Imagens: Fotografias de Roberto Tonera: vista geral das coberturas recuperadas do Quartel da Tropa e da Casa do Comandante; telhado do Quartel da Tropa (antes e depois de sua restauração);  duas imagens da Casa do Comandante já com as novas esquadrias e cobertura; detalhe do novo telhamento do Quartel da Tropa e suas novas esquadrias; e nova cobertura do Paiol da Pólvora, com a troca de suas esquadrias sendo finalizada (a partir do alto, e da esquerda para a direita).