Aberto processo para concessão de lanchonete na Ilha de Anhatomirim

29/01/2018 11:15

O Departamento de Licitações (DPL) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) abriu o processo de licitação – modalidade Pregão eletrônico n° 543/2017, Processo n° 23080.078652/2017-69, para exploração de serviço de lanchonete na Ilha de Anhatomirim. O objeto de concessão é uma área física, medindo 40,32 (quarenta metros e trinta e dois centímetros quadrados), que faz parte da Fortaleza de Santa Cruz, destinada à exploração e à operação comercial de serviços de lanchonete para atender aos visitantes da ilha.

As propostas devem ser encaminhadas exclusivamente por sistema eletrônico através do site: comprasnet.gov.br. A data para a sessão dos lances é dia 02 de Fevereiro de 2018, próxima sexta-feira, a partir das 08h30min.

O edital está à disposição dos interessados no site do DPL: licitacoes.ufsc.br ou Portal de Compras do Governo Federal: comprasnet.gov.br

Alteração do horário de funcionamento das Fortalezas no verão

22/12/2017 11:53

A partir do dia 25 de dezembro de 2017 (feriado de Natal) até o dia 18 de fevereiro de 2018, as fortalezas passarão a funcionar em horário especial, devido a maior demanda de visitantes durante a temporada de verão.

Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim: 9h às 18h30
Fortaleza de Santo Antônio de Ratones: 9h às 18h30
Fortaleza de São José da Ponta Grossa: 9h às 12h e das 13h às 19h

Observações

O horário limite para atracação de embarcações de turismo e passeio nas ilhas de Anhatomirim e Ratones Grande é até às 18h. Após às 18h30, fica proibida a permanência de visitantes nas respectivas ilhas.

 

Parque Municipal da Lagoa do Peri recebe mostra itinerante sobre fortificações

22/12/2017 11:28

A mostra itinerante sobre o “Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina”, após passar por São José, Garopaba e Biguaçu, agora se encontra no Parque Municipal da Lagoa do Peri, na sede administrativa (Rodovia Francisco Thomaz dos Santos, 3150, sentido sul, Armação do Pantano do Sul – Florianópolis). A exposição é composta por fotografias e maquetes das fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim, Santo Antônio de Ratones e São José da Ponta Grossa, réplicas de canhão e trajes militares e civis do século XVIII, além de sete painéis com textos, mapas e imagens sobre o tema. A mostra está aberta todos os dias das 7h às 19h e a entrada é gratuita.

(mais…)

UFSC investe mais de um milhão e duzentos mil reais na conservação das fortalezas

14/12/2017 10:27

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), nos últimos cinco anos, investiu mais de R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais) de recursos próprios na conservação das três fortalezas sob a sua gestão. Esse trabalho necessita ter sequência em 2018 com a recuperação dos demais telhados de Anhatomirim e das coberturas dos edifícios das fortalezas de Ponta Grossa e Ratones, assim como com a restauração de pisos, revestimentos, instalações e pintura das três fortalezas.

(mais…)

Arquiteto Roberto Tonera representou a Coordenadoria das Fortalezas no ICOFORT RIO 2017

30/11/2017 16:46

O Arquiteto da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Roberto Tonera, representou a Coordenadoria das Fortalezas no Encontro Internacional de Fortificações e Patrimônio Militar ICOFORT-RIO 2017, evento que aconteceu entre os dias 6 e 8 de novembro na cidade do Rio de Janeiro, apresentando a palestra: “Fortalezas de Santa Catarina a caminho de tornarem-se Patrimônio Mundial”.
(mais…)

UFSC recupera esquadrias de suas três fortalezas

30/11/2017 16:39

Todas as esquadrias (portas e janelas) das fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim, Santo Antônio de Ratones e São José da Ponta Grossa foram integralmente trocadas (forras, caixilharias, tampos, vidros e ferragens). As esquadrias substituídas eram todas das décadas de 1980 e 1990 e estavam deterioradas. As trocas começaram a ser executadas em outubro de 2016 e finalizadas neste mês de novembro de 2017. A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) investiu cerca de 860 mil reais nesta restauração.

(mais…)

Participantes da Oficina Técnica sobre Banco de Dados visitaram o Forte do Leme e o de Copacabana

17/11/2017 14:19

Alunos e funcionários da UFSC visitando o Forte de Copacabana

No pós-evento do Encontro Internacional Sobre Fortificações e Patrimônio Militar – ICOFORT RIO 2017, alunos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), estagiários e funcionários da Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina, e participantes da Oficina Técnica “Como utilizar o Banco de Dados Internacional Sobre Fortificações” visitaram o Forte Duque de Caxias (Forte do Leme) e o Forte de Copacabana, ambas no Rio de Janeiro.

(mais…)

Coordenadoria das Fortalezas expõe pôsteres no ICOFORT RIO 2017

17/11/2017 13:25

No segundo dia da Oficina Técnica (Workshop): “Como utilizar o Banco de Dados Internacional Sobre Fortificações” realizada no dia 9 e 10 de novembro de 2017, no Forte Duque de Caxias, na Capital do Rio de Janeiro, a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC) expôs para os participantes diversos pôsteres de projetos e atividades que estão sendo desenvolvidos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), voltados à preservação, valorização e difusão das fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim, Santo Antônio de Ratones e São José da Ponta Grossa. Os pôsteres foram apresentados pelos estagiários da Coordenadoria juntamente com o arquiteto Roberto Tonera e a pedagoga Dalânea Cristina Flôr, ambos da CFISC/UFSC.
(mais…)

Oficina sobre utilização do Banco de Dados Internacional Sobre Fortificações” encerra Encontro ICOFORT RIO 2017

13/11/2017 16:58

Nos dia 9 e 10 de novembro de 2017 aconteceu na cidade do Rio de Janeiro, no Forte Duque de Caxias (CEP), a Oficina técnica (Workshop): “Como utilizar o Banco de Dados Internacional Sobre Fortificações” na continuidade do Encontro Internacional Sobre Fortificações e Patrimônio Militar – ICOFORT RIO 2017, que foi ministrada pelo membro do ICOFORT e arquiteto da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Roberto Tonera. O evento contou com a participação de diversos profissionais de vários estados brasileiros e dos técnicos da Diretoria do Patrimônio Histórico e Cultural do Exercito Brasileiro (DPHCEx).

(mais…)