Fortaleza de São José da Ponta Grossa
EMail

ponta_grossa_vista geral dois

Praia do Forte – Fortaleza de São José da Ponta Grossa

A fortaleza está localizada no norte da Ilha de Santa Catarina, Florianópolis, aproximadamente a 25 quilômetros do centro da cidade. Estrategicamente situada no alto do morro da Ponta Grossa, emoldurada pela beleza dos costões e a areia da Praia do Forte. Esta fortaleza configurava o segundo vértice do triângulo de fogo idealizado pelo Brigadeiro José da Silva Paes. O início de sua construção ocorreu em 1740. Em 1765, para completar a sua defesa no flanco leste, foi construída a Bateria de São Caetano, localizada junto à Praia de Jurerê, a cerca de 200 metros da fortaleza.

A Fortaleza de São José da Ponta Grossa é um harmonioso conjunto arquitetônico circulado por espessas muralhas. A edificação mais significativa é a Casa do Comandante, construção de dois pavimentos que, curiosamente abriga também o Paiol da Pólvora. A Capela dedicada a São José é a única construção do Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina que manteve até os dias atuais a sua função original.  Abandonada durante décadas, encontrava-se já completamente arruinada quando foi tombada em 1938 como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Nas décadas de 1970 e 1980, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) realizou os primeiros trabalhos de arqueologia, de restauração parcial da Capela e de consolidação de alvenarias de pedra da Casa do Comandante e trechos de muralhas. Em 1990, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) conclui o processo de prospecção arqueológica. Hoje temos uma exposição permanente montada na Casa do Comandante com alguns dos artefatos encontrados nas escavações.

Entre 1991 e 1992, no âmbito do “Projeto Fortalezas da Ilha de Santa Catarina – 250 anos na História Brasileira”, foi concluída a restauração da maioria dos edifícios da Fortaleza de São José da Ponta Grossa, que passou a ser mantida e gerenciada pela UFSC, juntamente com as fortalezas de Anhatomirim e Ratones. No processo de restauração buscou-se reconstruir a volumetria dos edifícios, seus vão originais e coberturas, preservando elementos remanescentes e as marcas das intervenções ocorridas ao logo de sua história. Ficam evidentes as técnicas e materiais utilizados na reconstrução, e o visitante pode discernir entre o original e o restaurado.

ponta_grossa_vista do quartel da tropa

Aberta durante todo o ano, essa é a única fortaleza sob a gestão da UFSC que pode ser visitada com acesso por terra.

mapa

Mapa de localização da fortaleza (clique na imagem para ampliar)

Veja mais fotos.

ponta_grossa_vista da casa do comandante

Visite a página do Guia da Fortaleza de São José da Ponta Grossa

Outras informações sobre essa fortaleza estão disponíveis no Banco de Dados Internacional Sobre Fortificações.

Facebook Twitter